Tecnologia Eletrônica em Máquinas Agrícolas

O crescente índice de produtividade do setor agrícola já não é mais novidade. Isso se deve aos grandes investimentos realizados por instituições governamentais, indústrias de máquinas agrícolas e produtores. Desde agricultores familiares às grandes agroindústrias, em tecnologia, aonde se incluem e com grande importância à eletrônica.

Hoje os avanços tecnológicos possibilitam a implementação de equipamentos eletrônicos com uso de GPS “Global Positioning System” em máquinas agrícolas com aplicativos específicos para agricultura, os quais são utilizados para facilitar os trabalhos de produtores e/ou profissionais agrícolas.

Contudo, para que isso seja possível é necessário que vários equipamentos sejam agregados a um conjunto de máquinas agrícolas, demandando o envolvimento de desenvolvedores e manufatureiros de diversas áreas tecnológicas, como por exemplo, fabricantes de placas eletrônicas, chicotes elétricos entre outros.

Sensores eletrônicos, recurso de telecomunicações, comandos elétricos, comandos hidráulicos e/ou pneumáticos são alguns dos dispositivos agregados de forma sincronizada e para responder com máxima precisão e agilidade, tendo com resultado máquinas equipadas com recursos como piloto automático, localizadores, rastreadores, contadores de semente para semeadeiras, controle de vazão em pulverizadores e muitos outros.

Com as ferramentas baseadas em uso de GPS, desenvolvidas pelos fabricantes de máquinas, foi possível tornar as atividades agrícolas muito mais eficientes e produtivas, de forma que dados de análise de solo, aplicação de fertilizantes, plantio, aplicação de defensivos agrícolas e até a colheita possam ser coletados e posteriormente utilizados pelos produtores.

Considerando as informações fornecidas pelos equipamentos com GPS, as áreas utilizadas para plantio podem ser mapeadas e georreferenciadas e os campos poderão ser delimitados onde o produtor poderá definir com precisão, por exemplo, quantidades de fertilizantes e defensivos (inseticidas ou herbicidas) a ser utilizado em cada parte da área mapeada facilitando a implementação das “Técnicas de taxas variáveis”.

Com todas essas informações e equipamentos disponíveis, os produtores agrícolas contam com grandes vantagens na gestão de suas atividades, do plantio à colheita tudo pode ser controlado e monitorado, o que remete a excelentes resultados produtivos e com considerável economia de combustível e insumos, sem se falar em melhores condições de trabalho e expressiva redução de impactos ao meio ambiente.

ATEEI GROUP

2019-07-23T12:07:00+00:00julho 23rd, 2019|Editorial|

Deixe um Comentário